Superbom final

Denise (MT), 19 de setembro de 2019 - 20:50

? ºC Denise - MT

Acontecimentos

10/09/2019 18:21

Além do calor escaldante e baixa umidade, população ainda sofre com as queimadas; Portão do Inferno está sofrendo com o fogo

Como muita gente se deslocou para as cachoeiras de Chapada dos Guimarães para tentar fugir do forte calor, o trânsito, no horário de retorno para Cuiabá acabou virando um completo caos.

Se não bastasse as temperaturas na casa dos 40 graus em Cuiabá e até em Chapada dos Guimarães, a baixa umidade do ar – perigosamente abaixo dos 10 por cento, não ver o azul do céu, tomado por uma nuvem cinzenta, a população de Cuiabá e Chapada dos Guimarães ainda sofre com as queimadas, muitas delas criminosas. Apenas neste domingo foram registrados queimadas em um parque estadual na Avenida do CPA, em Manso e na altura do Portão do Inferna, na MT-251 que liga as duas cidades.

Se no parque estadual da Avenida do CPA, o Corpo de Bombeiros precisou se deslocar  três vezes entre a noite de sábado e a madrugada de domingo para apagar três focos de incêndio, depois ir até a região do lago do Manso, apagar um incêndio na mata, o trabalho ficou ainda pior para tentar apagar outro foco de incêndio, registrado no final  tarde de domingo, na região do Portão do Inferno.

Como muita gente se deslocou para as cachoeiras de Chapada dos Guimarães para tentar fugir do forte calor, o trânsito, no horário de retorno para Cuiabá acabou virando um completo caos. O engarrafamento foi enorme. Ninguém conseguia enxergar as perigosas curvas da estrada, nas proximidades do Portão do Inferno, devido a fumaça provocada por mais um incêndio. O artista plástico chapadense, Ivan Belém, que usa muito a estrada nos finais de semana chegou a postar em suas redes sociais o caos na estada e a situação no Portão do Inferno, onde não dava para enxergar nada e ainda havia o sofrimento com a inalação da fumaça.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a queimada, de grandes dimensões, começou por volta das 16h na rotatória da estrada do Manso. Pouco depois houve o alerta para o fogo no Portão do Inferno, que foi considerado de devido combate devido ao relevo da região.

Além disso, um grande incêndio também atinge o Parque Serra Azul, em Rosário Oeste. Lá, já foram queimados cerca de 100 hectares, além de seis mil hectares em pastagens vizinhas.

24horasnews

 


Fb img 1544175875577Img 20190104 wa001820190116 100549Superbom estatico
Superbom final

Click Denise

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Denise- MT

Contato

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo