Superbom final

Denise (MT), 19 de setembro de 2019 - 20:46

? ºC Denise - MT

Acontecimentos

12/09/2019 17:23

Clima de deserto afeta mananciais e faz disparar consumo de água

Concessionária implementa plano de ação, leva atendimento direto aos bairros e reforça abastecimento por caminhões pipa. Estiagem requer economia de água

Quatro meses de seca, recordes em queimadas, diminuição no nível dos rios Cuiabá e Coxipó, umidade do ar inferior a 15% e temperaturas superiores a 40 graus. A capital mato-grossense acumula, atualmente, uma soma de fatores que impactam diretamente o consumo de água, que em agosto foi 7% mais alto que no mesmo período do ano passado. Isso significa, em volume, 203 milhões de litros de água adicionais, motivo que leva a Águas Cuiabá a implementar um plano de ação que permita o abastecimento a toda a cidade. Nessa fase crítica, de estiagem prolongada e temperatura em elevação, a empresa solicita a toda a comunidade que faça uso consciente e moderado, para que não ocorram desperdícios no uso da água tratada.

 

Como parte do plano de ação, executado mediante acompanhamento da Prefeitura e do órgão regulador (Arsec), a Águas Cuiabá está implementando diversas ações emergenciais: adequações operacionais para otimizar a produção de água, disponibilização de caminhões pipa para atendimento à população, aumento das equipes de campo para agilizar o conserto de vazamentos e intensificação da parceria com a polícia para combate às fraudes.

 

O número de caminhões pipa para atendimento às regiões que mais necessitam foi ampliado. Foram, também, fortalecidas as equipes de plantão, para conferência permanente das condições das redes de abastecimento da cidade, que são formadas por 2,6 mil quilômetros de tubulações. Ainda no ambiente operacional, a concessionária tem mantido constante acompanhamento dos níveis dos mananciais que abastecem a cidade. A captação de água do Rio Coxipó foi otimizada, com a instalação de uma nova bomba.  Dada a necessidade de aumentar o volume de produção de água tratada, a empresa solicitou ao órgão ambiental autorização para aumentar a nível de represamento de água neste manancial.

 

Além da diminuição do volume dos mananciais, fator que provoca queda na capacidade de produção, outras duas situações impactam o caminho da água tratada até o cliente: vazamentos e fraudes. Para combater os vazamentos, característicos de tubulações antigas, a Águas Cuiabá vem substituindo redes em diversas regiões. A empresa também reforçou o número de equipes de fiscalização, com o objetivo de agilizar os procedimentos de reparo de vazamentos. Quanto às fraudes, que são os furtos de água, conhecidos como “gatos”, a parceria com a força policial tem oportunizado o combate a essa prática criminosa, que tira água dos clientes regulares e coloca o sistema em risco.

REPORTERMT


Fb img 1544175875577Img 20190104 wa001820190116 100549Superbom estatico
Superbom final

Click Denise

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Denise- MT

Contato

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo