Denise (MT), 28 de fevereiro de 2020 - 01:43

? ºC Denise - MT

Acontecimentos

Vereador 12/02/2020 09:10

Direito de Resposta "VEREADOR NUNCA AMEAÇOU EX-ESPOSA"

O vereador Audelino Primo, através de seus advogados pede direito de resposta, referente à matéria com redação de outro veículo, repostada por este site.

Veiculou, neste jornal, que “Juiz afasta vereador da casa de ex-esposa e decreta medidas protetivas à mulher ameaçada!”

Tal afirmativa falta com a verdade e é caluniosa.

Causa estranheza que um processo, que deveria tramitar sob segredo de justiça, por imposição da Lei e por sua natureza, tenha sido distorcido e noticiado, de maneira maldosa e criminosa, na imprensa.

Nunca ameacei minha “ex-esposa”.

Nunca a agredi.

Dizer que esta foi ameaçada é desdizer o que a mesma declarou perante o Delegado de Polícia.

Minha ex-companheira afirmou que nunca a ameacei, tampouco a agredi, seja fisicamente, seja psicologicamente.

Minha trajetória é marcada de muito companheirismo, trabalho, compaixão com o próximo e amor aos que me cercam.

A referida medida protetiva, inclusive, foi objeto de derrogação após minha assessoria jurídica ingressar com a manifestação judicial cabível.

Atualmente esse processo está sendo enviado para o arquivo.

A referida notícia, de forma criminosa, manchou minha imagem não só na amada cidade de Denise, mas também, no País e, quiçá, no mundo, porque veiculada na rede mundial de computadores.

Ademais, a citada reportagem fez menção ao fato de que eu seria sustentado pela minha ex-companheira, em notória intenção pejorativa de denegrir minha imagem.

Infelizmente, é inconcebível crer que no Brasil uma Professora da rede pública aufira renda capaz de sustentar um Parlamentar. Todavia, ainda que verdade fosse, tal fato não torna menos digno qualquer cidadão que viva nestas condições.

Desde criança fui ensinado que o trabalho dignifica o homem.

Notoriamente o teor da matéria veiculada neste jornal foi pejorativa, criminosa e faltou com a verdade.

Deus é meu maior Juiz. Estou de cabeça erguida seja perante a Ele, seja perante o Poder Judiciário.

Por estas razões, no direito de cidadão, requeiro que a matéria objurgada seja objeto de reparo e exclusão.

Não sendo atendidos estes pedidos, que faço ancorado na legalidade, buscarei o Poder Judiciário deste Estado a fim de restabelecer meus direitos - que flagrantemente estão sendo calcados."

atenciosamente,

Audelino Primo

Esclarecimento - "A referida matéria, não foi redigida pelo site Click Denise, o site somente repostou como muitos veículos da região, do estado de MT e outros do Brasil.

Sabendo do grandioso número de acessos que o Click Denise tem, até  entendemos e desculpamos o Vereador e seus assessores por não terem se atendando para o detalhe de suma importância. Nem por isso, deixamos de atender Vosso pedido, aí está na íntegra.

Continuamos à disposição de todos.

Click Denise

 


1070x100

Click Denise

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Denise- MT

Contato

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo