Denise (MT), 24 de novembro de 2017 - 15:07

? ºC Denise - MT

Acontecimentos

12/09/2017 16:35

Exposerra 2017: um fracasso de organização. “Foi a pior de todas”, detona Boldrini

Se o modelo de gestão que o presidente do sindicato rural de Tangará da Serra, Reck Junior, pretendia implantar na administração da cidade é o mesmo que ele usou para realizar a Exposerra 2017, não tenho dúvida do acerto da população que o rejeitou nas urnas. Na verdade, Junior entende pouco ou quase nada de planejamento, de execução de projetos e liderar não é seu forte.

A Exposerra 2017 teve recorde de público, a conta bancária do sindicato rural, pelo volume de comercialização e de participação popular, deve ter ficado abarrotada. Os vendedores de bebidas, alimentos e os prestadores de serviços reclamam do valor abusivo que tiveram que pagar pelo arrendamento do espaço. “Durante a gestão do Normando Corral, no sindicato, não havia essa exploração absurda. O Reck só pensa em dinheiro”, disse um vendedor de lanches, que pediu para ficar no anonimato.

O preço dos produtos comercializados foi outro fator que desagradou a população. Água, refrigerante, cervejas, salgados, tudo foi vendido com majoração acima de 100% se comprado ao mercado normal.  “Tivemos que vender um pouco mais caro para dar conta de pagar o aluguel do espaço ao sindicato. Reck queria que a gente vendesse mais barato, ele, no entanto, aumento o preço do aluguel”, explicou um dono de barraca.

A organização da festa não proibiu ou fez vistas grossas para o acesso de menores de idade desacompanhados de responsáveis ao pavilhão de eventos. A venda de bebidas alcoólicas para adolescentes não teve repressão. O Estatuto da Criança e do Adolescente foi olimpicamente ignorado. “Fiquei impregnada com o cheiro da fumaça da maconha”, reclamou uma mãe, decepcionada com a desorganização do evento.

O designer gráfico, Joceval Boldrini Santos, usou sua página pessoal no Facebook para escrachar o conjunto da obra. De acordo com ele, “a Exposerra está longe de ser um evento para a família”.

Boldrini escreveu, em sua página:

Sou frequentador da Exposição da nossa cidade há muitos, mais de 20 desde que cheguei aqui em Tangará, e o que sempre motivou era a organização e a emoção do rodeio das narrações e tudo mais. Mas esse ano deixou muito a desejar, horrível ruim, rodeio fraco….uma final de rodeio que uma disputa de qualyfine seria mais emocionante, sem emoção…muito ruim.Tudo caro preços elevados R$ 5,00 uma água, praça de alimentação que mais parecia praça do pastel kkkk….Bem para a crítica não virar um “livro”….vou encerrando por aqui…mas esse ano foi Foda…a pior. Abre o olho pessoal…isso está longe de ser uma festa “para família”.

 
COMPARTILHAR 
 
Facebook
 
 Fonte A broncaPopular

Click Denise

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Denise- MT

Contato

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo